6 PASSOS PARA IMPLANTAR HORTA NO CONDOMÍNIO

3 de julho de 2018

Quem não gosta de temperos, verduras e legumes frescos, não é verdade? O consumo de alimentos livres de processos industriais é uma tendência mundial que encontra muitas formas de ser viabilizada. Uma delas é a horta comunitária. Presente em muitos bairros de diversas grandes cidades, essa forma de produzir seu próprio alimento também pode ser aplicada em condomínios. Uma delícia, não é? Além de trazer uma sensação de nostalgia pelo contato com a terra e a natureza, hortas em condomínios criam um ambiente harmonioso e cooperativo entre condôminos.

Para iniciar uma horta em seu condomínio é preciso alguns cuidados e muita organização, especialmente ao criar as regras para sua utilização. Sempre consulte sua convenção e seu síndico antes de prosseguir com o projeto. Veja alguns exemplos de como proceder:

1º Definição do local

Depois de ter a ideia, encontrar o local para sua horta é um passo muito importante. Converse com a administração interna do condomínio para verificar a viabilidade, optando por locais que recebam muitas horas de sol.

2º Aprovação do condomínio

Após verificar a possibilidade de utilização do local, a ideia precisa ser aceita e aprovada em assembleia geral, devendo ser aprovado o local, forma do custeio da horta e principalmente as regras de utilização da mesma, inclusive com a recomendação de se aprovar um regulamento para o uso da horta.

Caso a horta seja feita em áreas não construídas, sua implantação pode ser caracterizada como obra útil, necessitando da aprovação de maioria absoluta dos condôminos (50% mais um do total). No entanto, se sua aplicação for feita em local já construído, a provação precisa ser feita por no mínimo dois terços dos condôminos, salientando que tais quóruns podem mudar de acordo com cada convenção de condomínio.

3º Construção do canteiro

Após estar tudo aprovado e registrado em ata, dê preferência ao uso de tijolos e faça uma excelente impermeabilização. Infiltrações prejudicam o plantio e transformam uma ótima ideia em motivo para dores de cabeça e problemas estruturais do condomínio. Uma das melhores opções é a manta asfáltica. Você também pode optar por montar a horta em vasos, o que tende a ser menos custoso para o condomínio.

4º Preparo da terra

A receita mais simples para preparação do solo é composta por argila expandia e areia grossa. Sobre essa mistura, coloca-se o composto de terra com húmus e esterco de vaca. Dependendo do local, verifique se a horta precisará ser regada com mais frequência do que o necessário. Adube a horta para acrescentar nutrientes à terra.

5º Plantio

Comece a plantando coisas simples, como temperos e ervas. Depois de dois ou três plantios, comece a variar para hortaliças que precisam de maiores cuidados. Procure separar as plantas de acordo com suas necessidades de profundidade. Como exemplo, manjericão, louro, pimentas, capim cidreira e alecrim precisam de mais de 60 cm de profundidade. Cebolinha, orégano, salsinha, coentro, tomilho e hortelã podem ser plantadas com menos. Lembre-se que as normas para o plantio devem ser previamente estabelecidas, para evitar desconforto entre os vizinhos.

6º Colheita

O bom senso é fundamental nesse momento e tudo vai depender do acordo prévio realizado entre os condôminos (definidos em ata). Você pode optar por determinar um responsável pela horta que irá colher e enviar os produtos para cada pessoa envolvida. Também pode deixar os condôminos livres para se servirem à vontade. O mais importante é que tudo seja feito com o prévio consentimento de todos os condôminos, já que a horta é um local de todos.

Duas dicas importantes

Antes de iniciar o projeto, converse com seu síndico com os conselheiros e com a administradora, eles poderão te indicar como proceder e principalmente se há viabilidade para este projeto, que deve ser levado a conhecimento e aprovação de todos em assembleia para evitar dissabores entre os vizinhos.

Com a obra concluída, não esqueça de cuidar do combate às pragas e da manutenção da horta (adubar, regar, tratar a terra etc.), para que todos possam usufruir dos seus frutos.

Compartilhe:

Entre em Contato Conosco

São Paulo: (11) 3145-1322

Mogi: (11) 4728-4359

Segunda a Sexta das 09:00 às 18:00 horas




A sua opinião é de grande interesse para a Graiche. Clique no botão abaixo e entre em contato por meio do nosso canal de atendimento.