Como prevenir a dengue em apartamentos

21 de novembro de 2017

Mal começamos a primavera e adivinhem, o calor voltou! Comemorado pela grande maioria, as estações quentes proporcionam até mudanças de humor, há quem diga ser impossível não sorrir num belo dia de sol. E o aumento da temperatura sempre é acompanhado por pancadas de chuva, logo, surgem as preocupações com as chamadas doenças de verão, sendo uma das mais preocupantes, a dengue!

Aí você pensa que está lendo mais uma vez sobre as formas de esvaziar garrafas e pneus, cobrir calhas e caixas d’água, mas não, não iremos falar sobre isso hoje. Existem outras formas de você repelir mosquitos e ainda trazer um pouco de cor e beleza para seu apartamento.

Nessa hora, você se pergunta: e se eu morar no 15º andar de um prédio, o mosquito não chegará até lá. É aí onde mora o perigo! Já que, às vezes, o bendito do mosquito pode estar em algum recipiente ou planta, até mesmo dentro de uma sacola no elevador, neste caso, o mosquito pode parar no seu andar facilmente e encontrar um ambiente propício. Pronto, temos focos de dengue até em lugares altos.

Pensando nisso, trouxemos algumas dicas sobre repelentes naturais:

Citronela

CITRONELA

Temos entre as mais populares a citronela utilizada comercialmente para óleos e velas repelentes. Parente do capim limão, é super perfumada. Existem diversas maneiras de utilizá-la.

A planta por si só já atua como repelente, mas você pode macerar as folhas de citronela esfregando-as direto no corpo, fazer um chá concentrado para usar na limpeza da casa ou ainda deixar em álcool por alguns dias e usar como spray. Se combinada com outras duas plantas repelentes naturais como a erva do gato e a cascata gerânio, o efeito se torna ainda mais potente.

Erva do Gato (Catnip)

catnip

A Erva do gato (Catnip), além de diversão garantida para os felinos, é 10 vezes mais eficiente que o DEET (composto químico usado comercialmente para repelentes). Suas folhas possuem óleo natural que repele os mosquitos.

Você pode plantá-la no seu jardim ou varanda, mas, se você tem gatos em casa é aconselhável que não as coloque perto de outras plantas que você tem grande cuidado e carinho. Alguns gatos podem ficar agitados e pisotear as plantas ao redor da Catnip.

 Manjericão

manjericao

Meio difícil alguém que não goste de manjericão, né. Pois é, mas os mosquitos não gostam. A planta também age como repelente. Que maravilha, não? Além de cultivar esta delícia para utilizá-la na cozinha, também desfrutará de seu poder repelente.

Lavanda

lavanda

Além de ser uma planta que pode embelezar e perfumar ambientes internos, devido ao seu cheiro adocicado, a lavanda ajuda a espantar mosquitos. Mas, para tê-la dentro de casa é necessário que o vaso fique próximo de uma janela ensolarada. E não se limita a afastar apenas mosquitos, pois quando plantada no jardim ajuda a afugentar ratos também.

Crisântemo

crisantemo_repelente

O crisântemo possui piretrina, uma espécie de inseticida natural. A substância repele os mosquitos e outros insetos, como: baratas, besouros e moscas. Para usá-lo como repelente natural é possível até mesmo esfregar as flores na pele e assim evitar as picadas.

Poejo

poejo

 

Temos ainda o poejo, seu chá é muito utilizado para o tratamento de doenças pulmonares. No jardim serve como repelente natural de mosquitos, já em casa você pode espalhar saquinhos de pano com folhas secas de poejo para afastar moscas e acabar com o cheiro de mofo.

Alecrim

alecrim_repelente

O alecrim é ótimo para ter em casa. Além de dar um toque especial às receitas culinárias, ele espanta mosquitos e ajuda a manter os gatos longe das hortas, jardins e quintais.

Entre tantas opções com certeza você encontrará uma ideal para decorar e proteger seu lar, mas não se esqueça dos cuidados primordiais:

  • Guarde as garrafas sempre viradas para baixo;
  • Encha de areia ou terra os pratinhos de vasos de planta;
  • Jogue no lixo qualquer objeto que possa armazenar água;
  • Mantenha bem tampados, baldes, tonéis, piscinas e caixas d’água;
  • Guarde pneus ao abrigo da chuva e da água;
  • Limpe as calhas dos canos;
  • Não deixe a água da chuva parada sobre a laje;
  • Coloque o lixo em sacos plásticos bem fechados dentro de uma lixeira tampada;

E se por acaso, caro leitor, você encontrar algum terreno desocupado que precise de atenção, você já pode denunciar um possível criadouro, pelo telefone, discando 156 ou pelo aplicativo da prefeitura. Veja abaixo o link para baixar o aplicativo:

Google play

Apple store

 

 

Compartilhe:

Entre em Contato Conosco

São Paulo: (11) 3145-1322

Mogi: (11) 4728-4359

Segunda a Sexta das 09:00 às 18:00 horas




A sua opinião é de grande interesse para a Graiche. Clique no botão abaixo e entre em contato por meio do nosso canal de atendimento.