POR QUE OS CONDÔMINOS NÃO VÃO ÀS ASSEMBLEIAS?

28 de Março de 2018

As reuniões condominiais sofrem com um alto número de ausências por parte dos condôminos. É importante avaliar o porquê disto ocorrer e planejar formas de aumentar o número de participantes das Assembleias, assim mais pessoas participam das decisões, além de conhecerem os principais desafios do condomínio.

Os principais motivos para que os condôminos não frequentem as reuniões são: desinteresse, horário de trabalho, aprovação pela administração vigente, falta de objetividade nas pautas, assuntos cansativos e falta de entrosamento com outros condôminos. Fica importante ressaltar que, muito embora essas reuniões sejam de extrema importância, seu planejamento e convocação devem ser dinâmicos e explicativos. As pautas devem ser claras, pertinentes e necessárias.

É importante ressaltar que todos estejam cientes da reunião, por meio de comunicados oficiais via e-mail e até mesmo lembretes nos elevadores, um dia antes ou no dia da assembleia, atitudes como estas tendem a chamar a atenção dos moradores para a reunião. Outra dica é deixar todo o material que possa ser utilizado (orçamentos, previsão orçamentária, extratos bancários, fotos de obras e serviços etc.) organizado e, se possível ou necessário, projetados por meio de retroprojetor ou computador, tornando a reunião menos cansativa e mais dinâmica.

Fica sob-responsabilidade do Gerente de Atendimento na Assembleia, a organização e preparação do conteúdo e realização das assembleias e reuniões nos condomínios, bem como, elaborar as pautas, acompanhar previsão orçamentária, verificar as movimentações financeiras, orientar o cliente no cumprimento da legislação aplicada aos condomínios. É importante que todos os assuntos definidos sejam de interesse e de importância aos condôminos, para que não aja desvio de foco e abordagem de temas que podem, também, serem debatidos no dia a dia.

Alguns temas interessantes para serem debatidos são os assuntos de conveniência a todos como, por exemplo: reajuste da mensalidade condominial; cotas extras para reformas em geral (pintura e lavagem do prédio, manutenção de elevadores, obras na fachada); eleição de síndico; sorteio de vagas de garagem.

Ao síndico, cabe o papel de mediar às discussões lembrando sempre não só a importância de administrar o tempo de cada pauta, mas como também minimizar possíveis discussões e atritos.

Após a assembleia, cabe também ao Gerente de Atendimento na Assembleia redigir atas de reuniões, acompanhar aprovação da ata e publicá-la (em até oito dias).

para os condôminos dentro do prazo legal, elaborar circulares, cartas, advertências e multas para envio ao condomínio, negociar contratos dos condomínios junto a fornecedores colocar um cartaz nos elevadores informando os principais tópicos discutidos e seus resultados, para que todos saibamos temas abordados.

Compartilhe:

Entre em Contato Conosco

São Paulo: (11) 3145-1322

Mogi: (11) 4728-4359

Segunda a Sexta das 09:00 às 18:00 horas




A sua opinião é de grande interesse para a Graiche. Clique no botão abaixo e entre em contato por meio do nosso canal de atendimento.