CLAUSURA EM CONDOMÍNIO. O QUE É E POR QUE É IMPORTANTE?

12 de junho de 2018

Em busca de mais segurança para os condôminos, condomínios dos mais variados tipos têm, em suas entradas, o sistema de clausura. O objetivo é proporcionar uma individualização do acesso e saída do condomínio, tanto para pedestres quanto para veículos.

A clausura é um sistema de segurança de duas barreiras, geralmente constituído por dois portões. Assim que o visitante é autorizado a entrar ou um morador chega em seu condomínio, tanto no caso da garagem quando na entrada de pedestres, os primeiros portões são abertos. Em seguida esses primeiros portões são fechados, enclausurando o indivíduo ou o automóvel até que o segundo portão seja aberto. O mesmo procedimento acontece no momento da saída do condomínio.

Há muitos casos em que a identificação ocorre na própria clausura, por biometria quando se trata de um condômino ou por serviço de portaria remota (temos um conteúdo muito interessante sobre esse tema. Clique aqui para acessar) quando se trata de um visitante.

Muitas pessoas não sabem, mas uma das principais funções da clausura em condomínios é identificar cada indivíduo separadamente, seja morador ou visitante, diminuindo os riscos de assaltos e ações com reféns. Por isso, é sempre recomendável avisar os porteiros sobre o procedimento da clausura e sempre utilizá-la de forma responsável, assim todos ficam mais seguros.

Até mesmo quando o visitante for informar os dados, o ideal é deixá-lo na clausura e não fora do condomínio.

DICAS PARA MELHORAR A EFICIÊNCIA E A SEGURANÇA

Na portaria

  • Fiscalizar se a clausura é utilizada corretamente, o procedimento deve ser utilizado para garantir a segurança tanto de moradores e visitantes – por isso, nunca deixe visitantes expostos do lado de fora do condomínio;

  • Nunca passar pela clausura se existirem pessoas desconhecidas, o correto é esperar a pessoa ser liberada a entrar e depois entrar ou sair por ali;

  • Jamais deixar os portões abertos. Se há problemas com o travamento mecânico, comunicar a zeladoria e puxar o portão para que ele seja fechado.

Nas entregas

  • Jamais permitir que o entregador espere dentro da clausura. Se o a portaria tem passa-volumes, o entregador deve ficar do lado de fora. Se não possui, o entregador deverá entrar somente quando o morador já estiver na clausura e o portão interno do condomínio estiver fechado.

Na garagem

  • Nunca desabilitar o funcionamento das clausuras, mesmo nos horários de pico;

  • Carros de visitantes devem entrar apenas com o motorista dentro do carro. Demais passageiros devem entrar pela portaria.

 

Compartilhe:

Entre em Contato Conosco

São Paulo: (11) 3145-1322

Mogi: (11) 4728-4359

Segunda a Sexta das 09:00 às 18:00 horas




A sua opinião é de grande interesse para a Graiche. Clique no botão abaixo e entre em contato por meio do nosso canal de atendimento.